Selecionamos alguns filmes e outras formas de lazer e arte para auxiliar o(a) novo(a) ou já veterano(a) separado(a) nesse processo de novos tempos. Toda forma de arte nos alimenta de pensamentos e ideias relaxando nossa mente agitada e nos dando oportunidade para estimular o nosso melhor.

Histórias ou estórias completamente novas nos inspiram e estimulam a mudança, assim como as semelhantes nos deixam a gostosa sensação de inclusão, de que … somos todos parecidos, o que muda é o endereço….

Comédias e Romances

-> Uma babá quase perfeita (1993) É sem dúvida um excelente filme para toda família, mas principalmente para os pais que, de alguma forma, sentem que estão sem muito acesso aos filhos em razão da separação e procuram fazer de tudo para se aproximarem. O pai cria um plano hilário se vestindo de mulher e virando babá dos próprios filhos. 

-> Amor a toda prova (2011) É aquela trama que aborda o drama da separação de um casal narrada com o humor. A mulher resolve contar ao marido sobre a traição envolvendo um colega de trabalho. 

-> Paixão de aluguel (2005) Filme bem água com açúcar principalmente no começo da narrativa, mas, com o desenrolar da história, fica evidente a busca por um homem perfeito. A história fala também sobre a difícil relação entre pais e filhos. Na trama, a filha tenta fazer sua mãe se sentir amada para que seja possível criar raízes em algum lugar, já que todo vez que algo não dá certo em seu relacionamento, elas são obrigadas a mudar de cidade pensando num novo recomeço.

-> Divórcio (2017) Comédia brasileira que envolve uma das questões mais procuradas quando o tema é separação…. a partilha dos bens de um casal ….

-> Assumindo a direção (2014) Um filme que relata a história de uma escritora que,  após uma separação envolvendo traição, resolve tomar as rédeas de sua nova vida procurando um instrutor para aprender a dirigir não somente carros, mas a própria vida pós-divórcio.

-> Divórcio à italiana (1961) Um italiano, cansado de sua vida conjugal, apaixona-se pela prima e resolve matar a esposa (pelo fato de ser mais fácil), uma vez que na Itália dos anos 60 divorciar-se era proibido.

-> Simplesmente complicado (2009) Jane, uma mulher bem-sucedida, está divorciada de Jake há muitos anos, mas os dois continuam amigos. Um encontro casual reacende a paixão do relacionamento e faz com que os dois se reaproximem, e Jane percebe que agora é a amante do ex-marido. Enquanto isso, um arquiteto acaba se apaixonando por ela, o que dá início a um divertido e complicado triângulo amoroso.

-> O amor custa caro (2003) Cômica estória de um advogado bem-sucedido e especialista em divórcios que, na procura de novos desafios, encontra uma mulher cujo plano é ficar rica com sucessivos divórcios. Ele acaba se tornando o advogado de seu ex marido e,claro, o novo alvo de sua agora cliente. 

-> Encontro de casais (2009) A ideia de uma divertida temporada em uma ilha para sair da rotina leva um casal a convidar outros casais de amigos para essa viagem. Mas eles mal sabiam que os envolvidos acabam tendo que participar de diferentes terapias, que os levam a enfrentar problemas conjugais muito comuns. A trama propicia boas risadas e situações. 

-> Sob o sol da Toscana (2003) É aquele filme que, acima de tudo, arranca suspiros pelas paisagens e lugares de gravação, que é toda realizada na região da Toscana, na Itália. Uma bela mulher descobre a infidelidade do marido e, seguindo o conselho de uma amiga, viaja para essa belíssima região onde resolve, num impulso, comprar uma casa e estabelecer uma nova vida e quem sabe redescobrir o amor. 

-> Esposa de Mentirinha (2011) Comédia cheia de confusão envolvendo um homem que, cansado de relacionamentos frustrados, procura a ajuda de sua melhor amiga e fiel escudeira para impressionar uma nova pretendente, fingindo ser um casal prestes a se divorciar. Assim começa uma verdadeira aventura amorosa cheia de confusão.  

-> A História de um casamento (2019) Sabe aquele filme que, por mais que se trate de uma separação litigiosa repleta de momentos difíceis, foi tão bem dirigido e filmado que nos leva a perguntar a todo instante o PORQUÊ DESSE CASAL TER SE SEPARADO?

-> Um casamento perfeito (1982) Um filme francês que envolve expectativas em relacionamentos não correspondidos e traição.  A protagonista se envolve com um homem casado, que não pretende desfazer seu casamento para ingressar em um novo.

Drama

-> As melhores coisas do mundo (2010) Drama que mostra a dificuldade que os filhos têm para lidar não somente com a separação em si, mas também com outras aceitações, como a homossexualidade do pai. Cheios de revolta e preconceito, não percebem que os próprios pais também estão passando por momentos difíceis e precisam da ajuda e compreensão dos filhos para que tudo seja mais fácil.

-> A última música (2010) Pai e filha vivem uma relação conturbada, mas por meio da música (uma paixão em comum) os dois começam a nutrir um novo sentimento.

-> O julgamento de Viviane Amsalem (2014) Baseado em fatos reais, esse filme narra a história de uma mulher que luta incansavelmente por seu direito de se divorciar em Israel, onde a cultura só permite que isso aconteça com consentimento e aceitação do marido.

-> Obsessão Secreta (2019) Drama mais voltado para um bom suspense, conta a história de uma mulher que, após sofrer uma agressão física, perde a memória. E, apesar da felicidade evidente do marido por ela estar viva, o tempo revelará a verdade. Tema infelizmente atual sobre relações abusivas.

-> Nahid (2015) Uma jovem mulher iraniana, em processo de divórcio, consegue ficar com o filho de 10 anos em troca de dinheiro e do acordo de não poder casar-se mais. Porém a história começa a ficar complicada quando ela se apaixona, quebrando as regras do acordo com o ex-marido. 

-> A economia do amor (2016) Estória de um casal que decide se divorciar, após 15 anos juntos, mas por motivos financeiros acabam tendo que continuar morando sob mesmo teto.

-> Grandes olhos (2014) Drama no qual uma pintora e defensora dos direitos da mulher enfrenta, no tribunal, uma grande batalha contra marido pelo fato de o mesmo resolver ganhar e absorver a fama em cima de seus quadros. O filme mostra o machismo dentro do mundo das artes.

-> Comer, rezar e amar (2010) Um dos “queridinhos” do cinema internacional, conta a história de uma mulher recém-divorciada que resolve afogar suas mágoas no berço da boa culinária italiana, seguindo viagem para Índia, onde procura por meio da fé curar-se das dores e traumas dos acontecimentos passados e,  por fim, terminando essa linda jornada em Bali, onde reencontra a forma de amor novamente. 

-> Como nossos pais (2017) Narra o drama de uma mulher que almeja a perfeição como profissional, mãe, filha, esposa e amante. Filha de intelectuais e mãe de duas meninas pré-adolescentes, ela se vê pressionada pelas duas gerações que exigem que ela seja engajada, moderna e onipresente.

-> Garota Exemplar (2014) No dia de seu quinto aniversário de casamento, Amy desaparece. Quando as aparências de uma união feliz começam a desmoronar, seu marido, torna-se o principal suspeito. Com a ajuda de sua irmã gêmea, ele tenta provar sua inocência, ao mesmo tempo em que investiga o que realmente aconteceu com a mulher.

-> A garota no trem (2016) Tem a proposta de mostrar a vida depressiva de uma garota após seu divórcio, intensificada ainda mais por ela ser alcoólatra. A garota todo dia passa de trem em frente à casa de seu ex e, não se conformando por ele estar casado novamente, alimenta-se da saudade que sente quando recorda a antiga vida a dois. Tudo começa a mudar com a percepção de que ele pode não ser tão bom quanto sempre fez parecer.

-> A vida invisível (2019) Filme brasileiro com duas irmãs inseparáveis narrando suas histórias que envolvem muitos temas como um casamento de aparências, machismo e autoritarismo, violência psicológica e sexual. 

-> À procura da felicidade (2006) Narra o drama de um homem obstinado que luta para sobreviver e sustentar seu filho, mesmo sob as mais duras condições, sem perder as esperanças. Nessa jornada angustiante, é abandonado pela mulher, tendo que criar o filho sozinho. Mas nada o impede de manter o carinho e passar valiosas lições para seu filho, que depositara total confiança no pai.