Organização é praticamente uma necessidade se pretende passar o mais ileso possível em um processo de separação.

São muitas as variáveis que estão em jogo e uma pá de gente envolvida , cada uma falando e opinando experiências vividas e até imaginárias , então …. respire e comece a focar no que interessa !

Pare de se preocupar com os detalhes e olhe o processo todo como uma grande árvore:

Foque no tronco que é a base de todo processo, pois todo o resto deriva dele… a raiz  (motivos da separação ) está escondida e não é hora de ficar cavando pra descobrir o que tem lá. As pessoas erram se importando com a quantidade de galhos, folhas, detalhes e mini agressões que aparecem e não olham para o que deve ser feito de verdade para que tudo evolua bem.O tronco são as prioridades !!!

Para facilitar colocamos alguns conselhos essenciais:

  1. Antes de tudo tente o diálogo, com respeito, sem frescuras ou joguinhos, nada de D.R., você não tem mais direito …. Caso não seja possível, esqueça por enquanto e vá para as etapas seguintes …
  2. O ex casal deve procurar um profissional especializado em direitos da família para intermediar o caso e até os ânimos. Verifique o histórico de ação do advogado e se existe empatia entre vc e quem vai te representar. Escolha muiiito bem, pois casal que não deu certo com advogado que não dá certo  é receita pra sofrer duplamente…. 
  3. Tente manter a mente o mais tranquila possível e caso seja necessário faça uso de um profissional para acompanhar os envolvidos , principalmente nas fases iniciais.
  4. Durante processo de embate inicial evite responder e-mails, mensagens no celular, ligações o tempo todo, respire e conte até mil para não correr o  risco de achar que está controlando a situação e na verdade estar “colocando mais lenha na fogueira”. Encurte o caminho com poucas e boas atitudes.
  5. Analise sua situação financeira como um todo, largue o emocional de lado e se for necessário peça ajuda a uma pessoa especializada ou amigo próximo que entenda e domine o assunto de finanças melhor que você evitando dar “passos maiores que as pernas” .Você não precisa mostrar que está melhor ou pior que o outro, pra não descobrir logo logo que dinheiro não aceita desaforo !!!
  6.  Lembre-se não importa o que ou como aconteça …muitas vezes é melhor ser feliz  do que ter razão ….